Identidade Visual


A identidade visual é o passo mais importante de todo o processo.

Uma marca de qualidade já é meio caminho rumo ao seu sucesso. Por isso é necessário uma pesquisa antes de iniciar qualquer criação. Uma busca intensa de marcas já existentes de mesmo segmento, que irão servir de inspiração tanto positivas quanto negativas.

Feito a pesquisa e análise, é hora de partir pro abraço. Agarra o lápis e sai desenhando tudo o que vier à cabeça. Se é possível imaginar, dá pra desenhar.

Quando esgotar o grafite, volte para a tela. Emende, junte, estique, quebre… Consulte tipografias, complique e descomplique. Quanto mais simples melhor.

Algumas idéias vão se transformando em opções. As composições vão aparecendo. Aprove, desaprove, siga na lei de Darwin.

Como uma luz no final do túnel, ela aparece. Agora é só provar das infinitas possibilidades: O mesmo que achar uma agulha no palheiro.

Falta só passar a régua. Simetria, equilíbrio, linearidade e finalmente a harmonia. Com o teste de cores e efeitos visuais… VOILÀ!

Agora sim. Pronta para a criação de todo o material impresso e digital, começando pelo Manual de Identidade Visual: Responsável por garantir qualidade de aplicação da logo em todas as suas vinculações.

Cartão de visita, papel timbrado, envelopes, pastas, labels, uniformes, blocos de nota, plotagens… tudo que envolver o segmento.

Materiais de divulgação se fazem necessários com o tempo. Folders, banners, cardápios etc fazem parte de materiais gráficos e produtos.

Para finalizar, existem casos em que a marca precisa ser redesenhada. Se você possui uma logo já criada que não leva o conceito de qualidade que deveria, mas você não quer desfazer do desenho atual, don’t panic!


Tendências mudam a todo instante, é possível evoluir uma marca sem alterá-la e esta é uma das habilidades de grandes empresas como Google, Coca-cola e Apple.

Conheça as marcas que fazem parte do meu portfolio, acesse: Logos e marcas.